11.8 C
Vila Real
Sexta-feira, Janeiro 15, 2021
Inicio Locais Fregueses A limpeza das nossas ruas - um ano para nos habituarmos

A limpeza das nossas ruas – um ano para nos habituarmos

Entrou em vigor a 4 de Setembro último a lei que proibe atirar pontas de cigarro para o chão na via pública.

Os cidadãos que prevaricarem ficam sujeitos a multas entre 25 e 250 euros e as empresas comerciais (cafés, restaurantes) que não disponibilizarem recipientes próprios e não limparem a soleira da porta poderão pagar entre 250 e 2 500 euros. Contudo, previsto na lei, existe um período de um ano para que os hábitos mudem e se estabeleçam boas condições para o cumprimento desta.

[one_third][quick_fact heading=”Cidadão Individual”  title=”Cidadão Individual” animate=””]Multas podem atingir entre os 25 e 250 €[/quick_fact][/one_third]

[one_third][quick_fact heading=”Empresas”  title=”Empresas” animate=””]Multas podem atingir entre os 250 e 2 500 €[/quick_fact][/one_third]


Esta lei deverá ser bem acolhida pela população em geral, já que muitos são os que gostariam de ver Portugal mais limpo. Também aqui, na nossa freguesia, podemos começar a fazer o nosso melhor e a mudar o nosso comportamento, principalmente junto dos estabelecimentos que até têm caixotes do lixo e cinzeiros à disposição. Tratemos de usá-los cada vez mais.

Artigo anteriorEditorial
Próximo artigoFPF lança Movimento #DEIXAJOGAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo