16.4 C
Vila Real
Quinta-feira, Abril 22, 2021
Inicio Locais Fregueses A limpeza das nossas ruas - um ano para nos habituarmos

A limpeza das nossas ruas – um ano para nos habituarmos

Entrou em vigor a 4 de Setembro último a lei que proibe atirar pontas de cigarro para o chão na via pública.

Os cidadãos que prevaricarem ficam sujeitos a multas entre 25 e 250 euros e as empresas comerciais (cafés, restaurantes) que não disponibilizarem recipientes próprios e não limparem a soleira da porta poderão pagar entre 250 e 2 500 euros. Contudo, previsto na lei, existe um período de um ano para que os hábitos mudem e se estabeleçam boas condições para o cumprimento desta.

[one_third][quick_fact heading=”Cidadão Individual”  title=”Cidadão Individual” animate=””]Multas podem atingir entre os 25 e 250 €[/quick_fact][/one_third]

[one_third][quick_fact heading=”Empresas”  title=”Empresas” animate=””]Multas podem atingir entre os 250 e 2 500 €[/quick_fact][/one_third]


Esta lei deverá ser bem acolhida pela população em geral, já que muitos são os que gostariam de ver Portugal mais limpo. Também aqui, na nossa freguesia, podemos começar a fazer o nosso melhor e a mudar o nosso comportamento, principalmente junto dos estabelecimentos que até têm caixotes do lixo e cinzeiros à disposição. Tratemos de usá-los cada vez mais.

Artigo anteriorEditorial
Próximo artigoFPF lança Movimento #DEIXAJOGAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes