20 C
Vila Real
Domingo, Abril 18, 2021
Inicio Locais Distrito Segurança no trabalho - as vidas que se perdem

Segurança no trabalho – as vidas que se perdem

Mais uma vida ceifada no trabalho agrícola por falta de segurança. Aconteceu ainda há poucos dias no Pinhão e muitas mais têm sido encurtadas e outras pioradas depois de sofrerem acidentes evitáveis. 

Tanto empregadores como trabalhadores têm obrigação de cumprir as regras de segurança no trabalho, seja ele qual for, e as autoridades têm obrigação de implementar o conhecimento da lei e de verificar o seu cumprimento. Trabalhadores que perdem as suas vidas ou que as vêem estropiadas deveriam ser casos raros, em circunstâncias excepcionais. Essas vidas não são as únicas a lamentar, pois as famílias que perdem um ente querido perdem ao mesmo tempo um ganha-pão, vendo a sua sobrevivênvia económica deteriorar-se.

Não admira pois que sintam esta situação como revoltante. Uma vida que se extingue naturalmente é triste, mas uma que se extingue por incúria, por ignorância ou por ganância deixa um rasto de amargura.

Tempo é que se exija a todos o cumprimento das leis do trabalho para que tais situações deixem de se repetir.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes