8.3 C
Vila Real
Terça-feira, Janeiro 19, 2021
Inicio Locais Distrito Eleições legislativas - LIVRE

Eleições legislativas – LIVRE

São agora 2 os partidos que responderam ao nosso pedido de envio das listas concorrentes acompanhadas do currículo dos candidatos e de respostas a duas questões a que gostaríamos que respondessem. Este segundo artigo é a resposta do LIVRE.

Perguntas e Respostas

PM: Qual a principal política que defenderão na Assembleia da República com impacto na nossa área em nome dos eleitores.

LIVRE: A principal politica doLIVRE é a exigência de justiça social conjugada com a sustentabilidade ambiental e a defesa do património natural e da biodiversidade, aliada ao desenvolvimento económico.Não há defesa do ambiente sem que as pessoas tenham uma existência digna. Na nossa região daremos particular atenção ao desenvolvimento da vinha e do turismo de forma a não tornar o Douro uma monocultura ou um parque temático.O programa do LIVRE abrange uma série de medidas a nível da reflorestação de variedades e espécies autóctones, incentivo à pastorícia, produção biológica e  dinamização das economias locais. Rever a lei dos baldios articulando-a com a criação dos bancos de terras e incentivar a criação de cooperativas de gestão florestal.

PM: Que é que sobressai no vosso partido que vos distingue de todos os outros.

LIVRE: O partido LIVRE afirma-se de esquerda europeísta, pela justiça social sem cedências aos grandes interesses instalados, aos monopólios e ao sistema financeiro especulativo. A nossa convicção é que a Europa tem que ser fonte da soluções para o futuro sustentável, com o reforço da democratização das instituição europeias, nomeadamente com base no aumento das competências do parlamento Europeu. Damos primazia ao melhoramento do ensino e saúde publica de qualidade. Defendemos regulação e controlo eficáz dos operadores económicos de forma a salvaguardar os interesses dos cidadãos.

A principal diferença é essencialmente na organização interna do partido, completamente aberto à participação dos cidadãos e de todos os que se identificam com os nossos princípios. Não dependemos da filiação partidária. A escolha dos candidatos é feita em primárias abertas, onde qualquer cidadão, que não seja militante de outro partido, se pode candidatar, e assim é eleito por uma colégio eleitoral aberto a todos os que queiram votar, inscrevendo-se pela internet, sem obrigação de aderir ao partido.

Biografia de Teresa Rebelo, cabeça de lista do LIVRE por Vila Real

Nasci em 1964 em Trás-os Montes-Alto Douro, concelho de Sabrosa, aldeia de Vilela do Douro, freguesia de Paços. Neta de agricultores abastados com gado, vinhas e castanhas, modo de subsistência de uma familia com 6 filhos. Criada em Lisboa tive sempre uma forte ligação à aldeia pelas frequentes idas em todas as férias e festas de família. Era sempre a melhor altura do ano, colorida e enriquecida pelas actividades agrícolas da lavoura dos avós .

Fiz formação de animadora sócio-cultural e trabalhei durante largos anos na área de reinserção social da SCML, com minorias étnicas desfavorecidas, pessoas sem abrigo e população carenciada de bairros degradados.

Nunca perdi a paixão pelo Douro local onde vou frequentemente, partilho sentimentos de amor pela terra com os que nunca dela saíram, pela cultura e costumes que ainda preservam, pelo modo de vida que me marcou na infância, o que me faz pensar na mudança, por um vida mais saudável, mais ecológica no regresso às origens.


Biografia de João Luís Silva, candidato na lista do LIVRE por Vila Real

João Luís Silva, casado e com dois filhos, nasceu a 25 de Junho de 1964 numa pequena aldeia do concelho de Chaves, sexto de família de oito filhos. Graças aos valentes pais que emigraram para a Alemanha, fez a escola na sua cidade e a seguir ao cumprimento do serviço militar obrigatório entra na universidade em Lisboa onde concluiu licenciatura em Gestão e Administração Pública no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa.
Foi jornalista na área de economia e trabalhou para multinacionais, tendo desenvolvido projetos de norte a sul do país, mas onde se sente melhor é em pequenas e médias empresas onde as pessoas são mais que números mecanográficos e o trabalho de equipa tem verdadeiro sentido.

Criou a sua própria micro-empresa e desde há mais de 20 anos faz a gestão de pequenos centros comerciais na região da grande Lisboa.
Ama a Natureza e adora trabalhar a terra, o que faz sempre que pode.

Com experiência de vida de mais de meio século, continua crente em sonhos e utopias e tem como máxima de vida uma quadra do poeta popular algarvio António Aleixo:

Este mundo só pode ser
Melhor do que até aqui,
Quando consigas fazer
Mais pelos outros que por ti.


Biografia de Sofia Lourenço, candidata pelo LIVRE por Vila Real

Nasce em Lisboa, em 1976, onde cresce, faz teatro, estuda Fotografia e Arquitectura. Em 2001, muda-se para Vila Real com o objectivo de recuperar uma quinta no Douro.

Durante 13 anos dedica-se à Arquitectura na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, tendo trabalhado com António Belém Lima, nos Arquitectos Pioledo, com Paulo Gomes no departamento de Arquitectura da Norvia – Consultores de Engenharia e com Luís Azevedo da Dec.Civil – Engenharia e Arquitectura.


Em 2015 muda de área profissional, mantendo a ligação forte ao território envolvente. Depois de participar no projecto de algumas adegas no Douro, trabalha na Loja Interactiva de Turismo de Vila Real e aproxima-se do sector do vinho, como comercial de um pequeno produtor de vinhos DOC Douro. No ano seguinte, continua a desenvolver trabalho na área comercial para a Ponto por Ponto, operador turístico de viagens culturais e temáticas, sediado em Vila Real.

Gosta de pensar que conhece bem a região que descobriu há mais de 17 anos e onde decidiu viver.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo