8.3 C
Vila Real
Terça-feira, Janeiro 19, 2021
Inicio Nacionais Os votos dos emigrantes

Os votos dos emigrantes

Já é conhecido o resultado dos votos dos emigrantes portugueses nas legislativas portuguesas de 6 de Outubro. Os círculos da Europa e da América elegeram 4 deputados, sendo 2 para o PS e 2 para o PSD.

O número de votantes atingiu os 158 000, o que é uma percentagem muito pequena — 10% — em relação ao número de inscritos nos cadernos eleitorais, que é cerca de 1 500 000.

Tem havido um uma série de protestos e de declarações de votantes que denunciam falhas graves no processo de votação — desde envelopes que nunca chegaram ao seu destino, envelopes devolvidos pelos serviços de correio dos países onde se encontram, até críticas à falta de simplicidade e clareza na maneira de usar esses boletins.

O partido LIVRE já se pronunciou sobre a questão defendendo um inquérito urgente a tempo de reformar o método antes das presidenciais que terão lugar em 2021, pois, diz, «estes resultados não espelham a vontade dos eleitores porque muitos votos nunca chegarão a ser contabilizados devido à abstenção forçada e ao anulamento de votos não intencionalmente nulos».

Também o partido Aliança se pronunciou, convidando os outros partidos a tomarem posição sobre o défice de «cuidado, profissionalismo e respeito pelos cidadãos portugueses que vivem no estrangeiro».

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo