16.4 C
Vila Real
Quinta-feira, Abril 22, 2021
Inicio Locais Distrito Barragem de Daivões deixa famílias a viver em contentores

Barragem de Daivões deixa famílias a viver em contentores

A expropriação de terrenos para a construção da barragem de Daivões foi tema de negociação. Essa negociação foi suspensa e noticiou-se então que seria posteriormente retomada, já que nenhum acordo tinha sido obtido.

Passadas que são algumas semanas, sabe-se agora que há 49 famílias de Ribeira de Pena que serão obrigadas a sair das suas casas e irão ser provisoriamente alojadas em contentores. Muitas destas famílias trabalharam uma vida inteira, emigraram, para conseguirem construir as suas casas e encontram-se agora numa situação que consideram inadmissível, dado que o valor das indmnizações não lhes possibilita a construção de novas casas.

Revela a autarquia que apenas seis casos foram resolvidos com a Iberdrola, que 19 estão em tribunal e 24 estão em impasse. A Iberdrola sacode a água do capote alegando que está a agir dentro da legalidade. Mas o autarca João Noronha, considera que as negociações não foram bem conduzidas e que a Iberdrola não deveria escudar-se em legalismos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes