11.8 C
Vila Real
Sexta-feira, Janeiro 15, 2021
Inicio Locais Distrito Barragem de Daivões deixa famílias a viver em contentores

Barragem de Daivões deixa famílias a viver em contentores

A expropriação de terrenos para a construção da barragem de Daivões foi tema de negociação. Essa negociação foi suspensa e noticiou-se então que seria posteriormente retomada, já que nenhum acordo tinha sido obtido.

Passadas que são algumas semanas, sabe-se agora que há 49 famílias de Ribeira de Pena que serão obrigadas a sair das suas casas e irão ser provisoriamente alojadas em contentores. Muitas destas famílias trabalharam uma vida inteira, emigraram, para conseguirem construir as suas casas e encontram-se agora numa situação que consideram inadmissível, dado que o valor das indmnizações não lhes possibilita a construção de novas casas.

Revela a autarquia que apenas seis casos foram resolvidos com a Iberdrola, que 19 estão em tribunal e 24 estão em impasse. A Iberdrola sacode a água do capote alegando que está a agir dentro da legalidade. Mas o autarca João Noronha, considera que as negociações não foram bem conduzidas e que a Iberdrola não deveria escudar-se em legalismos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo