8.3 C
Vila Real
Terça-feira, Janeiro 19, 2021
Inicio Justiça SOS Animal constitui-se assistente no processo criminal contra João Moura

SOS Animal constitui-se assistente no processo criminal contra João Moura

No seguimento do artigo sobre os cães do cavaleiro João Moura, encontrados em estado de subnutrição e resgatados pela GNR, João Moura foi constituído arguido pelo crime de maus-tratos a esses animais, tendo declarado que estava de consciência tranquila. Ver o vídeo aqui.

A SOS Animal constitui-se assistente no processo contra João Moura e lançou, entretanto, uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos, propondo o fim das corridas de cães em Portugal. Nestas corridas, os cães sofrem crueldades antes durante e depois, correm «dopados, com coleiras de choque», e acabam «abandonados, encarcerados e forçados a dar sangue o resto da vida, ou mesmo abatidos quando já não servem este propósito de entretenimento humano». Tudo isto serve igualmente um negócio de milhões assente numa imoralidade total.

Se quiser assinar a ILC pelo Fim das Corridas de Cães em Portugal, pode fazê-lo em
https://participacao.parlamento.pt/initiatives/878

Artigo anteriorRacismo e atitudes
Próximo artigoValide as suas facturas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo