19.4 C
Vila Real
Sexta-feira, Abril 23, 2021
Inicio Justiça SOS Animal constitui-se assistente no processo criminal contra João Moura

SOS Animal constitui-se assistente no processo criminal contra João Moura

No seguimento do artigo sobre os cães do cavaleiro João Moura, encontrados em estado de subnutrição e resgatados pela GNR, João Moura foi constituído arguido pelo crime de maus-tratos a esses animais, tendo declarado que estava de consciência tranquila. Ver o vídeo aqui.

A SOS Animal constitui-se assistente no processo contra João Moura e lançou, entretanto, uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos, propondo o fim das corridas de cães em Portugal. Nestas corridas, os cães sofrem crueldades antes durante e depois, correm «dopados, com coleiras de choque», e acabam «abandonados, encarcerados e forçados a dar sangue o resto da vida, ou mesmo abatidos quando já não servem este propósito de entretenimento humano». Tudo isto serve igualmente um negócio de milhões assente numa imoralidade total.

Se quiser assinar a ILC pelo Fim das Corridas de Cães em Portugal, pode fazê-lo em
https://participacao.parlamento.pt/initiatives/878

Artigo anteriorRacismo e atitudes
Próximo artigoValide as suas facturas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes