20 C
Vila Real
Domingo, Abril 18, 2021
Inicio Iniciativas Quem conta as histórias que tem no saco ?

Quem conta as histórias que tem no saco ?

Falámos com a criadora do live No meu Saco de Histórias que nos enviou um pequeno texto de apresentação:

«Num momento em que o país começa finalmente a parar e temos de ficar em casa com as crianças e em que nem toda a gente tem jardim ou possibilidade de entreter as crianças sem recurso à internet há que encontrar boas soluções.

O meu nome é Daniela Magalhães e a minha família reside em Felgueiras. Ainda antes do fecho das escolas, já tínhamos decido ficar em casa por segurança. A nossa família é constituída por mim, o pai, a Matilde (6 anos), a Leonor (4 anos) e o bebé José Guilherme(4meses). Desde o dia 6 de março que estamos em casa, saindo apenas para deslocações essenciais como comprar comida ou farmácia.

Rapidamente percebemos que tendo 3 filhos seria importante criar uma rotina. Todos os dias elas se vestem, regam morangos e outras plantas, arrumam os quartos, etc. Mantemos as horas das refeições e algumas atividades, tipo calendário. Para lhes dar estabilidade emocional.

Sendo eu contadora de histórias, claro que todos os dias tínhamos um momento da história. Mas comecei a sentir saudades dos meus meninos (sou terapeuta da fala a trabalhar no projeto www.piratinhadossons.pt), comecei a sentir alguma ansiedade e a ficar triste. E a minha forma de reagir às crises é esta. Fazer algo. Então, decidi partilhar esse momento com outras famílias.

Por isso, desde o passado dia 13 de março, todos os dias, às 17h, na página do facebook No meu saco de histórias, entramos em direto, da nossa casa para a vossa, para contar 3 histórias. Com a confusão habitual de quem tem 3 filhos e uma intenção verdadeira, cativamos milhares de seguidores e diariamente temos centenas de famílias a ver e a comentar. Nunca imaginei que a página teria um impacto tão grande e significativo na vida das pessoas. Diariamente recebo vídeos, fotos, desenhos, mensagens de agradecimento de famílias que já incluíram isso na rotina deles e se sentam a ouvir. Houve inclusive um senhor adulto que colocou um comentário dizendo que ele e a namorada ouvem antes de dormir, mesmo sem terem filhos, porque os acalma da ansiedade dos dias.
Os pais referem que os pequeninos respondem e cantam em resposta às histórias.

Os diretos não têm qualquer edição, têm centenas de comentários. Ontem convidei a minha amiga Sónia Ribeiro, também mãe de três, terapeuta da fala e contadora de histórias para entrar em direto a partir da casa dela e ajudar a passar o tempo das famílias, contribuindo para promover a leitura.

Já temos pedidos para contar histórias para pequeninos, para crescidos, para adultos. Pedidos de beijinhos, para todo o país.
Acreditamos que estamos a cumprir um dever cívico e fazemo-lo com muito gosto.

Por tudo, vale a pena partilhar convosco e com outros portugueses que nos queiram ouvir uma história tão bonita.»

Quem queira assistir clique em aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Martim Pereira, o talento Penaguiota

Martim Pereira, Fontense de gema, tem 12 anos e é tido como a futura promessa do futebol português. Quem o conhece, fala da personalidade discreta e humilde que o caraterizam. Embora discreto, o seu talento a dominar a bola não passa ao lado dos olheiros do futebol, a quem desde cedo começou a despertar a atenção.

Tomada de posse dos órgãos sociais da FCM

Durante o dia de ontem decorreu a cerimónia de tomada de posse da nova direção da Fundação Dr. Carneiro Mesquita (FCM).

Agência CA de Fontes reabre na próxima semana

Durante a fase crítica da pandemia provocada pela COVID-19, esta agência CA manteve-se em permanente contacto com a Junta de Freguesia, no sentido de continuar a disponibilizar os serviços mais urgentes aos clientes fontenses, como o transporte e entrega das pensões aos mais carenciados ou grupos de risco e o permanente funcionamento do Multibanco.

Comércios Fontenses em tempos de pandemia – Móveis Chico e Supermercado

A vila de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, é uma das localidades que, até ao momento, não registou qualquer caso de infeção por coronavírus.

Comentários Recentes