25.9 C
Fontes
Terça-feira, Maio 26, 2020
Inicio Política Lembremos

Lembremos

Faz hoje 44 anos que foram assassinados o Pe. Maximino Barbosa de Sousa (padre Max) e a sua aluna Maria de Lurdes, de 19 anos. Roubou-lhes as vidas a explosão de uma bomba no carro em que seguiam. O atentado terrorista que teve lugar na Cumieira, Santa Marta de Penaguião, foi atribuído ao movimento fascista MDLP, mas os autores nunca foram condenados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Celebrações religiosas regressam a 31 de maio – Entrevista

Devido ao surto pandémico de COVID-19, as cerimónias religiosas foram suspensas em todo o país. Agora, com o levantar do estado de...

Um pouco de diversão após o confinamento

É certo que a pandemia trouxe consigo muitas alterações, sentidas nos últimos dois meses de confinamento. Agora, é tempo de a...

Celebrações religiosas regressam a 31 de maio

Devido ao surto pandémico de COVID-19, as cerimónias religiosas foram suspensas em todo o país.

Alterações na gestão da água do concelho de Santa Marta de Penaguião

A “Águas Interior Norte” assume atualmente a gestão de abastecimento de água e a drenagem das águas residuais em oitos municípios...

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo