8.2 C
Vila Real
Segunda-feira, Maio 25, 2020
Inicio Locais Alterações na gestão da água do concelho de Santa Marta de Penaguião

Alterações na gestão da água do concelho de Santa Marta de Penaguião

A “Águas Interior Norte” assume atualmente a gestão de abastecimento de água e a drenagem das águas residuais em oitos municípios do Norte, entre eles Santa Marta de Penaguião.

Após o descontentamento visível por parte da população, o Portas do Marão optou por redigir este artigo na tentativa de ajudar os leitores a compreenderem e a conhecerem as alterações que esta mudança lhes traz.

Águas do Interior – NORTE” – o que é?

A “ÁGUAS DO INTERIOR – NORTE, EM, SA.” (ADIN) foi constituída a 15 de novembro de 2019. Trata-se de uma empresa local, de natureza intermunicipal sob a forma de sociedade comercial anónima (SA), de capitais exclusivamente públicos, sendo a totalidade do seu capital detida por entidades públicas.

Esta empresa encarrega-se da gestão de serviços de interesse geral, particularmente, a gestão dos serviços municipais de abastecimento público de água e de saneamento de águas residuais urbanas nos Municípios de Freixo de Espada à Cinta, Mesão Frio, Murça, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, Torre de Moncorvo e Vila Real.

A delegação dos serviços anteriormente especificados é regulada através de um contrato de gestão delegada, celebrado entre os municípios anteriormente referidos e a empresa ADIN.

Compete a esta empresa, nos territórios dos Concelhos do Municípios participantes, o abastecimento de água para consumo humano e o saneamento de águas residuais urbanas.

O que levou o Município Penaguiense a entregar a gestão de águas à ADIN?


Até 2015/2016, os municípios dispunham de acesso direto aos fundos comunitários para questões relacionadas à gestão da água como, por exemplo, a criação de redes de abastecimento ou de estações de tratamento. Entretanto, ao abrigo da nova lei, os municípios deixam de poder aceder a esses fundos comunitários de forma individual, obrigando a existência de uma associação.

Como refere Luís Machado, presidente da Câmara Municipal de Santa Marta de Penaguião, “a rede que inclui Santa Marta de Penaguião, Fontes, Cumieira e São João de Lobrigos, é uma rede com mais de 30 anos, com fugas e perdas elevadas acima dos 50%”.

Tratam-se, portanto, de investimentos avultados que as Câmaras não conseguem suportar perante a necessidade de renovar as redes e de cumprirem as normas muito rigorosas e exigentes sobre a qualidade da água. Perante este cenário, o autarca considera que integrar esta associação foi a única oportunidade para continuar a distribuição deste bem essencial com a qualidade que é exigida. “Era impossível ficarmos sozinhos, o orçamento do município não era suficiente para fazermos as obras”, sustenta o responsável.

Além disso, refere que a empresa criada, a ADIN, já se candidatou e está previsto um investimento à volta dos 5 milhões de euros para o concelho.

O que é que mudou?

A partir deste momento, a ADIN passa a ser a entidade responsável pela leitura, pela cobrança da água e pela reparação de avarias. Outro aspeto que o autarca destaca, é a atualização dos preços. De acordo com o mesmo, “desde 2010 que os valores se mantinham, ou seja, 10 anos sem atualização dos valores”, daí a alteração visível nos montantes que agora chegam a casa das famílias. O representante refere que esta é uma fase de ajustes e espera-se que em meados de junho/julho esta fase esteja concluída e as faturas passem a ser mais reais, estabilizando assim os valores.

Além disso, não descarta a possibilidade de vir a ser criada uma tarifa social, caso se verifique que as famílias mais carenciadas não conseguem suportar os custos associados a esta despesa. Salienta, no entanto, que qualquer alteração será sempre sobre as taxas de serviços, e não sobre o consumo real da água.

Para esclarecer algumas alterações, segue abaixo uma breve explicação, já verificada, disponibilizada por um dos nossos leitores:

“ – No Município a água era contabilizada por “Metros”, na Adin é por “Litros”;
– Os escalões de água são diferentes do Município em relação à Adin. No Município os escalões eram de 5000 em 5000 litros e Na ADIN é 0 a 5000L, 5000 a 15000L e 15000 a 25000L;
– O Preço da água/Litro na Adin é mais barato;
– O Preço do saneamento é relativamente o mesmo;
– Em relação as tarifas, no Município era ao “Mês” e na Adin ao “Dia”;
– As tarifas no Município ficavam em 3.50€ e na Adin ronda os 8,00€, uma diferença de 4,50€, sendo esta a diferença mais significativa na comparação das facturas. A estes valores acresce o IVA.
– Em relação as TAXAS é um valor mínimo e é receita para o ESTADO;
– Não estou a mencionar os Resíduos Sólidos (lixo), porque esta é uma receita para o Município, logo fica excluída da minha observação das facturas”.

O presidente da Câmara considera que esta mudança, embora com algumas alterações ao nível dos valores atualizados, será benéfica para a população. Esta empresa, está obrigada agora a levar até casa dos seus clientes, incluindo os munícipes penaguienses, água de qualidade, cumprindo todos os parâmetros exigidos pelas entidades de saúde e de regulação do setor. Está também obrigada a prestar um serviço de mais qualidade, conseguido por tempos mais curtos de resposta perante eventuais roturas ou necessidade de instalação de equipamentos.

Ana Mesquita

1 COMENTÁRIO

  1. Agora sim, um trabalho como deve ser, prático , esclarecedor e útil para a população que agora pode tirar todas as dúvidas em relação à empresa ADIN.
    Parabéns

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza a sua mensagem!
Por favor, introduza o seu nome aqui

Últimas Notícias

Celebrações religiosas regressam a 31 de maio – Entrevista

Devido ao surto pandémico de COVID-19, as cerimónias religiosas foram suspensas em todo o país. Agora, com o levantar do estado de...

Um pouco de diversão após o confinamento

É certo que a pandemia trouxe consigo muitas alterações, sentidas nos últimos dois meses de confinamento. Agora, é tempo de a...

Celebrações religiosas regressam a 31 de maio

Devido ao surto pandémico de COVID-19, as cerimónias religiosas foram suspensas em todo o país.

Alterações na gestão da água do concelho de Santa Marta de Penaguião

A “Águas Interior Norte” assume atualmente a gestão de abastecimento de água e a drenagem das águas residuais em oitos municípios...

Comentários Recentes

Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Lurdes Teixeira on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Na cavaqueira com…
Acacio Mesquita Carvalho on Na cavaqueira com…
Graça Jacinto on Acidente mortal no Cóvo